EXPOCINE 2019 – O Hub da Tela Grande

EXPOCINE 2019 – O Hub da Tela Grande

Teve início hoje, 01/10/2019, a 6ª edição da EXPOCINE, evento focado no mercado cinematográfico envolvendo distribuidoras e exibidores. Nas cinco edições anteriores o evento conseguiu se consagrar como uma referência no setor exibidor. Para este ano, a organização abriu as portas também aos produtores audiovisuais, reunindo assim os diversos elos da cadeia de produção audiovisual.

Homenagens EXPOCINE 2019

Apesar do evento de abertura ter sido realizado às 18hoo do dia 01/10, as atividades se iniciaram bem antes. Dois cursos organizados por universidades referência no setor audiovisual foram ministrados durante todo o dia. Um deles organizado pela FAAP e outro pela FGV. Ambas instituições possuem cursos de pós-graduação voltados para produção executiva e gestão no audiovisual.

Durante a cerimônia de abertura, foi destacada a importância do setor audiovisual brasileiro para a economia do país. Segundo o evento, 300 mil pessoas são empregadas pelo setor que movimenta cerca de R$ 25 bilhões ao ano. O discurso também chamou a atenção para a falta de compromisso que o atual Governo Federal demonstra com relação ao setor.

Após os dados, deu-se início às homenagens. A primeira premiação foi entregue a uma empresa de exibição mineira chamada CineA, que construiu um complexo exibidor de rua, resgatando a proximidade física do cinema com o público. Esse complexo é totalmente sustentável, com diversas ações envolvendo energia limpa, água de reuso, dentre outras coisas.

A segunda homenagem foi entregue a Guaracy Carvalho, que acaba de se aposentar depois de 41 anos de carreira no mercado de distribuição, tendo encerrado sua trajetória na Paramount. A terceira e última homenagem foi entregue para a ex-Diretora da ANCINE, Débora Ivanov.

Uma já conhecida produtora independente, agora também é reconhecida pelo trabalho que desenvolveu à frente da agência reguladora do audiovisual. A diretora e atual presidente da SPCine, Laís Bodansky, foi encarregada de entregar a homenagem e a presenteou também com um discurso.

Em seu momento de agradecimento, Débora destacou a importância do momento que o audiovisual brasileiro vive e também chamou a atenção para a instabilidade da ANCINE. Durante os quatro anos de mandato, foram 3 Presidentes da República, 7 Ministros da Cultura, 7 Secretários de Cultura, 8 diretores da ANCINE, que teve também 4 presidentes diferentes e dois períodos em que a diretoria colegiada teve apenas 2 diretores.

A partir de hoje, data final do mandato de Débora, a ANCINE enfrenta pela primeira vez um momento com apenas um diretor no seu colegiado. Ivanov tranquilizou o setor dizendo que ela, Alex Braga e os servidores da ANCINE trabalharam muito para que a agência continue viva durante esse período de transição de diretoria, enquanto os outros diretores não são indicados.

Alex Braga também estará presente na EXPOCINE na sexta-feira e sua fala é aguardada com ansiedade pelo mercado.

Atuo como roteirista e produtor executivo de TV há 12 anos. Passagens por BAND, SBT e produtoras independentes no departamento de roteiro e desenvolvimento de projetos com trabalhos exibidos no Multishow, Canal Sony, SBT, Disney Channel e NETFLIX. Auxilio produtores a formatarem seus projetos com as consultorias em produção executiva e roteiro.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

20 − dezessete =