The Witcher, trailer da série

The Witcher, trailer da série

The Witcher é um título bastante conhecido no universo gamer. A produtora CD Projekt RED, adaptou a história do bruxo matador de monstros que fez sucesso no livros escritos pelo romancista polonês, Andrzej Sapkowski.

Geralt de Rivia é um humano que modificado por magia e treinado nas artes marciais para enfrentar monstros. Geralt possui os poderes necessários para combater esses seres horrendos que atormentam o universo medieval onde ele está inserido.

Ao contrário de outras histórias do gênero fantástico-medieval, onde guerreiros, cavaleiros e cidadãos comuns são alçados a categoria de heróis por meio de jornadas épicas, como ocorre na saga Senhor dos Anéis, em The Witcher esse assunto de matar monstros é coisa de profissional e humanos comuns não costumam se arriscar nessa empreitada.

Geralt de Rivia é um personagem que vaga por esse mundo tenebroso, trabalhando sob contratos pontuais para, de um modo ou de outro, matar monstros.

The Witcher nos livros

O personagem nasceu numa série de contos publicados pelo autor Andrzej Sapkowski na revista polonesa Fantastyka. Os contos não possuíam uma conexão clara entre si, a não ser por alguns personagens, como o protagonista Geralt. As histórias desses contos abordavam aventuras pontuais do bruxo.

Esses contos foram reunidos em dois volumes: A Espada do Destino (1992) e  O Último Desejo (1993). Mais tarde, após o sucesso do personagem, Andrzej passou a escrever uma série de romances sobre Geralt de Rivia, que foram publicados em cinco volumes ao todo.

Os livros foram lançados durante a década de 1990, chegando ao Brasil apenas a partir de 2013.  São eles, O Sangue dos Elfos, Tempo do DesprezoBatismo de Fogo, A Torre da Andorinha e A Senhora do Lago.

The Witcher nos games

O primeiro título adaptado para os games se chamou apenas The Witcher, desenvolvido pela CD Projekt RED e distribuído pela Atari para PCs com Windows e XBOX. O game é um RPG de ação que trouxe uma mecânica de combate interessante, com o personagem manipulando armas diversas e usando posturas de luta distintas. Uso de magia e poções também fazem parte do gameplay.

Além desses fatores, o game The Witcher ficou conhecido por sua interatividade narrativa. As opções realizadas pelos jogadores durante a história alteram a jornada e o rumo da narrativa. A segunda edição do game trouxe ainda mais opções narrativas, com 16 finais diferentes possíveis na história.

Apesar de toda essa qualidade, foi apenas na terceira edição do jogo, The Witcher: Wild Hunt, que a franquia se tornou aclamada pelo público e pela crítica. Além de ter sido um dos títulos mais premiados da história, o game trouxe um enorme retorno financeiro para seus produtores.

The Witcher na NETFLIX

De olho nessa legião de fãs dos livros e da série de games, a NETFLIX licenciou os direitos dos livros para produzir uma série. A primeira temporada conta com 8 episódios e será exibida a partir de 20 de Dezembro na plataforma de streaming. Isso quer dizer que a história da série será baseada nos livros e não nas narrativas desenvolvidas nos jogos.

Para os fãs do gênero fantasia, sem dúvidas será um prato cheio!

Atuo como roteirista e produtor executivo de TV há 12 anos. Passagens por BAND, SBT e produtoras independentes no departamento de roteiro e desenvolvimento de projetos com trabalhos exibidos no Multishow, Canal Sony, SBT, Disney Channel e NETFLIX. Auxilio produtores a formatarem seus projetos com as consultorias em produção executiva e roteiro.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

catorze − 5 =