HEBE: Série tem estreia antecipada pela Globoplay

HEBE: Série tem estreia antecipada pela Globoplay

Depois de ter sua vida retratada num longa metragem, uma das apresentadoras mais icônicas da TV brasileira vai ganhar um seriado. Hebe, série estreia em 13 de Dezembro de 2019 na Globoplay.

Hebe, série aborda a vida da apresentadora

O longa metragem Hebe, A Estrela do Brasil, chegou aos cinemas em Setembro de 2019 e abordou uma parte específica da vida da apresentadora. A série promete ser mais profunda. Com 10 episódios, a narrativa será desenvolvida de modo a cobrir toda a trajetória da Hebe, desde seu início como cantora, até o seu falecimento em 2012.

Hebe foi um dos maiores símbolos da televisão brasileira. Como já era uma estrela na época do rádio, ela esteve presente no Porto de Santos quando os primeiros equipamentos de televisão chegaram ao Brasil para a inauguração da TV Tupi. Ela passou por diversas emissoras, mas teve uma relação duradoura com o SBT, onde permaneceu por décadas.

No sofá do seu programa, Hebe trouxe os mais variados convidados, para falar sobre temas polêmicos ou rotineiros. Famosa também por dizer o que pensa, Hebe tinha uma legião de seguidores que acompanhavam sua carreira com carinho. Assim como no filme, Hebe série traz Andrea Beltrão no elenco ao lado de Valentina Herszage no papel principal. Outros personagens foram adicionados à trama para cumprir a trajetória da apresentadora na série.

Escrita por Carolina Kotscho e dirigida por Maurício Farias e Maria Clara Abreu, a série ainda conta com nomes como Gabriel Braga Nunes, Caio Horowicz, Marco Ricca, Danton Mello, Daniel de Oliveira, Claudia Missura, Karine Telles e Emílio de Mello no elenco.

Desafios da adaptação

Toda obra de ficção baseada em histórias reais, principalmente as biográficas, enfrentam o grande desafio da adaptação. No formato audiovisual não há tanto tempo de narrativa disponível para dar conta das inúmeras facetas que uma pessoa pode ter. Quando estamos falando de alguém que tinha uma carreira artística bastante relevante, esse desafio parece ser ainda maior.

Por ter trabalhado algum tempo no SBT, tive contado com dezenas de pessoas que conviveram com a Hebe. Cada uma delas trazia histórias sobre a apresentadora, ainda mais as pessoas que integravam a equipe de produção do programa dela. Um filme e uma série nunca serão capazes de resumir tudo o que essa mulher foi e representou para dezenas de milhares de pessoas Brasil a fora.

A Hebe deixou um grande legado para a televisão e para as mulheres brasileiras. É de se esperar que suas principais fases estejam retratadas ali no seriado e no filme. Porém, para os fãs mais fiéis da apresentadora, nem a maior das obras será suficiente para resumir o que foi Hebe.

Atuo como roteirista e produtor executivo de TV há 12 anos. Passagens por BAND, SBT e produtoras independentes no departamento de roteiro e desenvolvimento de projetos com trabalhos exibidos no Multishow, Canal Sony, SBT, Disney Channel e NETFLIX. Auxilio produtores a formatarem seus projetos com as consultorias em produção executiva e roteiro.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

seis + 13 =