Seminário Histórias de Roteiristas

Seminário Histórias de Roteiristas

Olá pessoal.

Passando rapidamente por aqui para avisar que na próxima terça-feira, dia 26 de Setembro, estarei no Seminário Histórias de Roteiristas. O seminário é organizado pela Professora e Pesquisadora Glaucia Davino e faz parte do Centro de Comunicação e Letras do Mackenzie.

Fui convidado para falar sobre minha experiência como roteirista no Workshop Vivências e Experiências. Vou falar sobre minha trajetória profissional e também sobre o nascimento da Agência Origina. Neste ano, o workshop foi organizado pela Juliana Reis, que é minha colega na Diretoria de Comunicação da ABRA. Todos os roteiristas do workshop fazem parte da ABRA.

Saiba mais sobre o evento no site:

https://glaudav.wixsite.com/roteiristas2017/workshops-vivencias-e-experiencias-1

O evento é gratuito, mas é preciso realizar inscrição. Quem quiser ir, acessa o site do evento para se inscrever.

Roteirista e Produtor Executivo de TV, atua há 10 anos no mercado audiovisual com passagens por produtoras independentes, emissoras de TV aberta e fechada. Montou a Origina em 2015 para se tornar produtor independente, com foco em agenciamento de roteiristas, criação de conteúdo e planejamento. É diretor de Comunicação da ABRA - Associação Brasileira de Autores Roteiristas e sócio-fundador da GEDAR -Gestão de Direitos de Autores Roteiristas. Meu perfil profissional está disponível no Linkedin

2 Comentários

  1. sténio 3 semanas atrás

    olá Mateus.
    gosto muito dos seus posts tem me ajudado muito, gostaria de saber se é possivel fazer parte de agencias brasileiras e associações sendo meçambicano e estando a vivem em moçambique?

  2. Autor
    Matheus Colen 3 semanas atrás

    Oi Sténio.

    Obrigado pelos elogios. Fico feliz em saber que meus posts lhe ajudam.

    Sobre sua pergunta, posso falar apenas pela Agência Origina. Se o seu trabalho estiver de acordo com o que a agência tem buscado, seria perfeitamente possível fazer parte dela sim.

    Nas associações, recomendo que você entre em contato diretamente com elas para tirar essa dúvida. Cada entidade tem suas regras de admissão definidas em seus estatutos.

    Abraços!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

cinco × dois =