IMPULSO, de Marcela Macedo, vence o NETLAB TV 2018

IMPULSO, de Marcela Macedo, vence o NETLAB TV 2018

O ano de 2012 balançou o mercado de produção independente no Brasil, a partir da aplicação da Lei da TV Paga (lei nº 12.485). Com a obrigação de inserir em sua grade de programação uma determinada quantidade de horas de obras audiovisuais produzidas por produtoras independentes brasileiras, os canais se viram diante de uma grande questão: onde encontrar tantos projetos bons para suprir essa demanda gerada pela lei?

No ano seguinte, ocorreu a primeira edição do evento NETLABTV, que além de premiar os melhores projetos, também promove encontros entre os players do mercado e aproxima os autores de séries desse ambiente de negócios. Organizado pela produtora Casa Redonda, da Minon Pinho, o NETLABTV é um evento referência para autores e players, que podem ver em seu concurso um filtro de qualidade na busca por projetos no mercado.

E a terceira edição do evento, trouxe uma ótima notícia para a Agência Origina!

IMPULSO, série vencedora no NETLABTV 2018

A nossa cliente, Marcela Macedo, foi consagrada vencedora na categoria Ficção, com o projeto de série IMPULSO. Este é o segundo prêmio que esse projeto recebe. O primeiro foi o de melhor roteiro de piloto de série, na edição do ano passado do FRAPA (Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre).

Nós também gostamos muito desse projeto e para saber mais sobre ele, nada melhor do que conversar com a própria autora: Marcela Macedo.

1 – A série IMPULSO possui como premissa uma das perguntas mais difíceis de se responder e que habita inconsciente da humanidade há séculos: “Qual o sentido da vida?” Como a série trabalha com essa premissa?

A série se propõe a não buscar efetivamente uma resposta, mas fazer uma reflexão sobre os diferentes sentidos que a vida pode ter. Desde os mais amplos e “óbvios”, como família, trabalho, amor… até os “pequenos sentidos” nos quais podemos nos apegar em um momento de vulnerabilidade, como uma receita de bolo que remete à uma infância feliz, a lembrança de um primeiro encontro, etc.

2 – Você acredita que a vida tem algum sentido?

Minha visão sobre isso se assemelha muito com a proposta da série. Também penso muito sobre o sentido que temos na vida um do outro.

3 – Durante toda sua vida, a morte cruzou o caminho de Vivian diversas vezes. Agora ela a persegue a morte e a enfrenta. Como ela sai dessa posição de vítima e resolve entrar nesse jogo?

Ao aceitar, em sua lógica, participar de um jogo com a morte, a Vivian vislumbra uma possibilidade de vingança por todas as perdas que teve. Ela também quer ferir a morte. Vejo que ela usa as últimas forças que lhe restam para se manter em estado de vida e erguer-se novamente, colocando-se em pé de igualdade com a morte. Penso que ninguém, conscientemente, deseja morrer. Sempre há um fio de esperança e é nesse fio que ela caminha.

4 – IMPULSO possui uma forte relação com a cidade de São Paulo. Como a cidade impacta a narrativa e a vida da protagonista?

Um forte simbolismo da série é o jogo de xadrez. Nesse sentido, a cidade de São Paulo pode ser compreendida como o tabuleiro desse jogo que a Vivian mantém com a morte. É onde as partidas acontecem, onde as peças (pessoas) se movem. Segundo a OMS, São Paulo é a cidade com o maior incidência de perturbações mentais no mundo. Vivian foi afetada por esse contexto desde a infância. Infelizmente, é um terreno fértil para várias partidas dela com a morte.

5 – O que motiva Vivian a querer vencer esse jogo contra a morte?

Acima de tudo, manter-se viva. Ela acredita piamente que a morte quer desmotivá-la a cada crise (cada partida do jogo) com o objetivo maior de que ela cometa suicídio.

6 – Quanto de Marcela Macedo existe em Vivian Blumen?

Estou justamente em um processo de revisão da série pós-imersão NETLABTV, que propõe uma reflexão sobre o que me motivou a abordar o tema da série da forma que fiz e sobre o quanto de mim coloquei na Vivian. Não cheguei a uma resposta concreta ainda e que possa compartilhar aqui (risos).

7 – IMPULSO já recebeu dois prêmios. “Melhor roteiro de piloto de série” no FRAPA 2017 e foi uma das vencedoras da categoria ficção da 3ª Edição do NETLAB TV. Como foi receber essas notícias?

Diante da enorme quantidade de projetos autorais que temos hoje concorrendo a um espaço no mercado, recebi essas notícias com surpresa e muita felicidade. Esse reconhecimento, com certeza, pode atalhar o caminho da série rumo à produção. Mesmo assim, é um caminho muito longo, então também ajuda me manter motivada enquanto roteirista profissional.

Agente Audiovisual. Atuei como roteirista e produtor executivo de TV por cerca de 10 anos. Em 2017 abri a Origina Conteúdo, com foco no agenciamento de profissionais criativos para o mercado audiovisual. A Agência Origina representa Diretores, Roteiristas e Produtores Executivos de Cinema, Televisão e Internet. Se quiser saber mais, veja meu perfil profissional no Linkedin.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

5 + dezessete =